16 Outubro, Sábado, 2021
A- A A+

No Dia do Motociclista, Anjos do Trânsito fazem campanha de conscientização no centro

 

Ação que passou pelas principais vias de Araraquara terminou nesta terça
foto02 Anjos do trânsito durante campanha educativa no Dia Nacional do Motociclista 27jul21 Tetê Viviani.jpg

 

 

Nesta terça-feira, 27 de julho, data que celebra o Dia do Motociclista, foi concluída a campanha educativa apresentada pelo grupo de atores em intervenções lúdicas "Anjos do Trânsito", que utiliza performances e músicas para alertar os motociclistas sobre os perigos de ultrapassar os limites de velocidade e avançar o sinal vermelho. A ação contou com o tema “Você sempre chega rápido? Notícia ruim também” e passou, desde a última quarta-feira (21), pela Rua São Bento, Alameda Paulista, Bento de Abreu, Avenida 36 e Rua Nove de Julho.

A coordenadora do grupo Anjos do Trânsito, Cláudia Galvão, explicou que a receptividade da ação perante o público foi muito boa, mas que a busca pela conscientização deve ser permanente. "Nossa avaliação nesses cinco dias de campanha, onde o nosso público alvo é formado pelos motociclistas e também pelos motoristas, é de que ainda é preciso avançar muito em educação para o trânsito e as campanhas devem ser contínuas", enfatizou.

Para ela, a preocupação maior é em relação ao público jovem. "Nós temos uma quantidade de jovens motociclistas muito afoitos, muito apressados, participando do trânsito ainda com muita emoção e menos razão. Percebemos que quando são mais jovens, eles têm mais pressa e resistem às nossas orientações sobre não passar no sinal vermelho, cuidado com a velocidade, cuidado ao cortar os veículos, mas os motociclistas com idade superior a 30, 35 anos, aceitam melhor. Muitos já passaram por acidentes, já tiveram internações, alguns já perderam entes queridos no trânsito com acidentes de moto, então essas pessoas entendem a necessidade da Prefeitura fazer essas campanhas para que possamos, cada vez mais, ter uma cidade com um trânsito mais humano", acrescentou.

Segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) o fator de risco que mais causa acidentes no trânsito é a velocidade excessiva, que é responsável por uma em cada três mortes por acidentes de trânsito em todo o planeta. O Brasil é o quinto colocado entre os países recordistas em mortes no trânsito, com mais de 37 mil vidas perdidas por ano. Além dos acidentes fatais, 600 mil pessoas têm sua rotina drasticamente afetada por sequelas físicas e psicológicas permanentes. Em Araraquara, o maior número de acidentes com óbito deixou de ser com atropelamentos e colisões e passou a ser de motociclistas.

Cláudia destacou que a campanha cumpriu seu papel de alertar a população para a necessidade de um trânsito mais solidário. "As pessoas precisam entender o movimento do trânsito porque todos nós fazemos parte, ciclistas, motociclistas, motoristas e pedestres. A campanha sempre é um sucesso, visto que as pessoas aceitam muito bem essa abordagem artística para falar de um tema tão sério como é a questão dos motociclistas", concluiu.

Dolores Ana Soares, professora de Educação para o Trânsito da Coordenadoria de Mobilidade Urbana (ligada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano), explica que a pandemia fez aumentar o número de pessoas que utilizam a moto para trabalhar e com isso também aumentou muito o número de acidentes, o que gerou a necessidade de criar a campanha. "Foi um trabalho para conscientizar toda a população de como devemos proteger os nossos motociclistas em uma época onde aumentou muito o número de motos e de pessoas que as usam como instrumento de trabalho devido à pandemia. Consequentemente, o número de acidentes também aumentou, por isso essa campanha teve o objetivo de conscientizar os motociclistas e também todos os outros motoristas da importância de estarem atentos ao trânsito", salientou.

Ela conta que a necessidade da rapidez nas entregas ocasionam atos de imprudência pelas ruas. "Infelizmente muitos não respeitam o sinal vermelho e, com a pressa de entregar as mercadorias, têm feito algumas coisas erradas. A campanha também serviu para conscientizar sobre a importância de respeitar toda a sinalização, a velocidade, e demonstrar que é importante o trabalho, mas sem vida não tem trabalho. Precisamos ter a vida para continuarmos trabalhando. É importante mostrar isso para os motociclistas reduzirem a velocidade e respeitarem a sinalização, porque vivos eles vão poder continuar trabalhando, criando seus filhos e cuidando de suas famílias", finalizou Dolores, que afirmou ainda que o trabalho dos Anjos do Trânsito foi encerrado, mas a campanha continua nas ruas da cidade com faixas e panfletagens.

 

 

Cartões_NovoCard

Comum Vale Transporte Escolar Senior Beneficio

Banner_Vale_Transporte

Banner_NovoCard

Banner_Cat

Banner_HoraBus

Banner_Prefeitura

Banner_SeuOnibus