23 Outubro, Quarta, 2019
A- A A+

Campanha de trânsito alerta para o uso do cinto de segurança e da cadeirinha

Atores da companhia Anjos do Trânsito realizam uma abordagem lúdica e teatral, nas ruas com carros e pedestres, a fim de alertar para a segurança no trânsito
Anjos do Transito 2ok.jpg

Araraquara recebe, até 25 de setembro, uma campanha de trânsito para conscientizar sobre o uso do cinto de segurança e da cadeirinha, com o grupo Anjos do Trânsito, em uma realização da Prefeitura de Araraquara, por meio da Coordenadoria Executiva de Mobilidade Urbana, e o Governo do Estado de São Paulo. A campanha faz parte da Semana Nacional de Trânsito, prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro, comemorada anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro, com ações que mobilizam a sociedade.

A campanha em Araraquara visa alertar sobre a necessidade do uso do cinto e da cadeirinha, a fim de preservar vidas. As ações são desenvolvidas pelo grupo de teatro Anjos do Trânsito, em ruas do Centro da cidade e também estará presente na premiação do Concurso Consetrans no próximo dia 24, às 14h30, no CEAR.

Atuando há 10 anos com o uso da linguagem artística teatral em campanhas de prevenção de acidentes de trânsito e conscientização para um trânsito mais seguro, os atores do Anjos do Trânsito, por meio de performances, alertam que o uso do cinto de segurança e da cadeirinha é um ato simples, que deve ser rotineiro e que pode salvar sua vida de muitas pessoas.

Cláudia Galvão, diretora do grupo Anjos do Trânsito, lembra que “o uso do cinto de segurança e da cadeirinha é uma questão de conscientização, com respeito e amor à vida, e não apenas relacionada à multa”. Ela conta que os atores da companhia realizam uma abordagem lúdica e teatral, nas ruas com carros e pedestres, a fim de alertar para a segurança no trânsito.

“Usamos música, paródias, linguagem circense, além de uma abordagem carinhosa com conversa, para conscientizar: as pessoas precisam pensar além da multa, pois o uso do cinto de segurança e da cadeirinha é a garantia de cuidarmos das nossas vidas e de quem amamos”, aponta a diretora.

É importante ressaltar que o cinto de segurança é o meio mais eficaz de reduzir ferimentos graves e mortes em acidentes de automóvel. Em caso de colisão, motorista e copiloto podem se chocar contra o volante, painel e para-brisas, ou ainda, serem violentamente arremessados para fora do veículo. Outra recomendação importante é que gestantes e deficientes também devem utilizar o cinto de segurança, justamente por serem mais vulneráveis aferimentos graves. Assim como a criança, porque seu corpo é mais frágil.

Os acidentes de trânsito são a principal causa de mortalidade infantil no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Por isso, a resolução 277 do Cotran, popularmente chamada de Lei da Cadeirinha, exige que os pequenos de até sete anos e meio sejam transportados no banco traseiro e em dispositivos de retenção adequados (bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação). O não cumprimento da Lei implica em multa de R$293,40, perda de 7 pontos na carteira e retenção do veículo.

A campanha em Araraquara implica o seguinte roteiro: quinta-feira (dia 19), das 18h30 às 21h30 na Av. Brasil com a Rua 6 (próximo à Uniara); sexta (dia 20), das 15h30 às 18h30 na Av. Bento de Abreu com a Rua 2 (em frente ao Posto Ipiranga); no Concurso do Consetrans já citado (dia 24); e quarta (dia 25), das 15h30 às 18h30, na Rua 3 com Av. Duque de Caxias.

Banner_Vale_Transporte

Banner_NovoCard

Banner_Cat

Banner_HoraBus

Banner_Prefeitura

Banner_SeuOnibus